Banco de Capacitores: Saiba o que é e para que serve

O Banco de capacitores está presente em diversos projetos elétricos, utilizado tanto por empresas como também indústrias e companhias de energia.

Ele é peça fundamental para controlar a tensão de energia nos projetos, por isso ele é composto por diversos componentes.

Apesar os dos suas importâncias nem todas as pessoas sabem o que ele é, quais são os seus componentes e para serve.

Por isso, vamos explicar para que você entenda mais sobre ele.

Veja Também: Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica

O que é um Banco de capacitores?

Ele nada mais é do que uma série de diversos capacitores ou de componentes que são utilizados em determinado projeto. 

Ele normalmente é utilizado para fazer a correção de fator de potência ou para compensação de energia reativa.

Existem três diferentes tipos de banco de capacitores que são: os automáticos, fixos e programáveis.

Cada um deles é utilizado de acordo com uma situação que é definida pelo profissional responsável.

Para que serve o Banco de capacitores?

 

Normalmente eles são utilizados em empresas elétricas, empresas, indústrias e em concessionárias de energia elétrica.

De acordo com a ANEEL e com a ABNT, o menor valor do fator de potência aceito é de 0,92.

Sendo assim, ele deve ser mantido dentro do fator de potencia permitido, caso ele fique abaixo do permitido pode acarretar multas na fatura de energia elétrica.

A multa pode acontece porque as cargas indutivas produzem potência reativa, pois o fator de potência baixo pode provocar quedas de tensão, além de perdas nas instalações e sobrecargas.

Esses problemas acabam atrasando a corrente em relação à tensão, enquanto as cargas capacitivas como os bancos de capacitores, fazem a potência reativa com corrente adiantada em relação à tensão.

Por este motivo o banco de capacitores é utilizado para compensar a defasagem entre a tensão e a corrente.

Recomendado: Sistema de Energia Solar: Quais são os motivos para instalar?

Componentes que fazem parte do banco de capacitores

Para garantir que o fator de potência fique dentro limite estabelecido pela ANEEL, o banco possui os seguintes componentes:

  1. Capacitor trifásico e monofásico

Para começar a lista, o banco possui os capacitores trifásico e monofásico que são utilizados quando o sistema possui um valor elevado de potência reativa (KVAr).

  1. Contatores para capacitores

Os contatores são componentes específicos utilizados para manobrar os capacitores para que eles consigam suportar a corrente de Inrush.

Essa corrente é necessária para o funcionamento das cargas indutivas. Os contatores no banco de capacitores ficam responsáveis pelos os resistores de pré-carga para diminuir ou limitar as correntes de in-rush, contribuindo para o aumento da sua vida útil.

  1. Controlador de fator de potência

Esse componente é responsável por controlar o fator de potencia. 

Para isso, ele monitora a rede e ao mesmo tempo faz o controle da entrada e saída dos capacitores do banco.

Esse controlador é capaz de monitorar de 6 a 12 estágios adicionando ou retirando os capacitores automaticamente para que assim consiga manter o fator de potencia dentro seu limite.

  1. Módulo de descarga rápida

A capacidade de descarga dos capacitores é estabelecida pela IEC60831-1 e ela deve descarregar para o nível de no máximo 75V em pelo menos 3 minutos.

Nesse sentindo, o módulo de descarga faz com esse tempo seja menor porque ele consegue eliminar a necessidade do uso de resistores de descarga, assim o banco fica mais seguro e eficiente. 

  1. Indutores de bloqueio

Essa peça é necessária para evitar que alguns componentes sejam sobrecarregados. 

Alguns equipamentos geram distorção harmônica na instalação e o indutor de bloqueio faz com que os capacitores não sejam sobrecarregados pelas distorções harmônicas, contribuindo assim para o aumento da vida útil deles.

Conclusão

Com você observou o banco de capacitores é importante para as companhias de energia elétrica, por ajudar a compensar a defasagem entre a tensão e a corrente.

Apesar disso, a sua manutenção deve ser realizada com monitoramento para evitar problemas relacionados ao excesso de carga capacitiva, quando isso acontece o banco deve ser desligado.

Isso pode te interessar: Qual o Melhor Curso de Comandos Elétricos Online?

 

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *