O que é Selo em Comandos Elétricos

Nem todo mundo sabe o que é selo em comandos elétricos, mas se você pretende entrar no setor elétrico esteja ciente que vai ouvir falar muito sobre selos, comandos elétricos, dispositivos de proteção, máquina, equipamentos elétricos e entre outros que fazem parte desse setor.

O foco deste artigo é falar sobre o que é selo em comandos elétricos também conhecido como contato de selo.

Para que serve o selo em Comandos Elétricos?

O contato de selo é definido com um tipo de comando elétrico que tem objetivo de reter o comando principal como, por exemplo, manter um motor em funcionamento constante.

Indo mais além, o selo permite a interação entre os demais dispositivos periféricos como temporizadores, sensor óptico, termostato, controlador de nível e entre outros.

Ele funciona como uma espécie de “auto-alimentação” de um contator, presente em todo diagrama de comandos elétricos e tem a função de permitir que um sistema tenha a capacidade de se manter sozinho com energia.

Para realizar o seu acionamento é usado botões de pulsos associados a uma contatora que deve possuir contatos auxiliares, em alguns casos o selo também é usado como sistema ou dispositivo de emergência.

Isso quer dizer que o dispositivo acionado mantém o seu funcionamento até que seja alarmado por outro dispositivo de segurança e voltará a ser acionado novamente por meio de um novo pulso.

Veja Também: Aquecimento Solar → Uma Forma Sustentável de Economia de Energia

O contato de selo basicamente é um nome dado para um tipo de configuração entre contatores e botões de acionamento que, fazem a memoria de acionamento.

É neste memoria que todo o conceito é baseado, isso quer dizer que quando alguém realizar o acionamento de um contato de selo (apertando o botão de ativar), em seguida o sistema é ligado e após o botão ser solto, o sistema continua ligado.

O conceito memoria é manter o sistema ligado sem a necessidade de usar outros componentes eletrônicos, com apenas alguns fios ligados em conjunto.

Esses contatos podem ser acionados manualmente por meio de botoeiras ou de forma automática por meio de sensores, relés temporizadores ou através de programação CLP.

Ao pressionar o botão de ativar, o sistema é ligado e mesmo soltando o botão ele se mantém ligado, sendo assim necessário outro botão para fazer o desligamento do circuito de selo.

Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica

 

 

 

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *